Filmes
Drama italiano: 18 presentes

Drama italiano: 18 presentes

Hoje, venho compartilhar com vocês um drama italiano disponível na Netflix que me tocou muito, principalmente, por ser baseado em fatos reais. 18 presentes conta a história da jovem Anna Vincenzotto (Benedetta Porcaroli) que foi criada com seu pai, pois perdeu sua mãe logo assim que nasceu.

                                                                   Foto: Divulgação

Elisa Girotto (Vittoria Puccini), a mãe de Anna, descobre que tinha um câncer terminal quando estava ainda grávida e que não teria muitos anos de vida e não poderia acompanhar o crescimento de sua filha. Sendo assim, como forma de manter a sua presença ainda viva, ela resolve deixar 18 presentes para que seu marido os entreguem a filha em seu aniversário até que ela completasse sua maioridade com 18 anos. Juntamente com os presentes, Elisa deixou várias cartas para a filha, para que fossem entregues com seus respectivos presentes. Elisa queria ensinar sua filha como enfrentar os desafios da vida e deixou muitos conselhos registrados nessas cartas.

                                                                    Foto: Divulgação

Anna é uma jovem rebelde que tem um relacionamento conturbado com o seu pai. Ela não aceita a ideia de receber os presentes e diz-lhe que gostaria que aquilo tudo acabasse. Ela não gosta muito de comemorar aniversários, tendo certo trauma com tudo isso, pois foi o dia em que sua mãe morreu.

                                                                  Foto: Divulgação

O filme mostra como a falta da presença materna na vida de Anna fez com que ela crescesse com certo ressentimento. O seu pai tenta fazer o melhor para a filha para compensar essa falta.

                                                                  Foto: Divulgação

Ao completar 18 anos, o pai juntamente com amigos da família organizaram uma festa de aniversário em casa. Assim que Anna chega, ela logo resolve sair de lá e vai até a um bar para beber e afogar suas mágoas.

Depois de ter bebido, Anna sai do bar correndo e é atropelada. Ela fica desacordada por alguns minutos e logo que acorda, a mulher que a atropelou vai socorrê-la. Ela oferece lhe levar até ao hospital, mas Anna se nega a ir e diz que está bem. Sendo assim, a mulher a leva até a sua própria casa para cuidar da moça, pois estava se sentindo muito culpada pelo acidente.

                                                                Foto: Divulgação

Logo, Anna se dá conta de que aquela mulher é na verdade a sua mãe. Ela reconhece a sua casa e o seu pai. A jovem fica completamente perdida pensando como aquilo tudo seria possível. Depois de muitos desentendimentos, ao passar dos dias, Anna e Elisa criam um forte vínculo e começam uma amizade.

                                                                 Foto: Divulgação

Anna passa por uma descoberta pessoal e, finalmente, consegue compreender melhor sua mãe e porque ela fez aquilo tudo, deixando os presentes e as cartas. Ela aproveita aquele momento para viver intensamente e sentir como é ter uma mãe. Toda essa situação muda o comportamento da jovem rebelde, que passa a enxergar sua família com outros olhos.

                                                                 Foto: Divulgação

Tudo indica que esse encontro não passou de um sonho de Anna, mas que fez com que ela mudasse seu modo de agir e pensar. O filme é bem emocionante e envolvente. Confesso que me emocionei muito e me encantei pela doçura e carinho da Elisa e como ela poderia ter sido uma ótima mãe.

                                                                Foto: Divulgação

O pior de tudo e que me fez chorar ainda mais é pensar que essa história é baseada em fatos reais e como o marido de Elisa não deve ter sofrido sua perda e a grande responsabilidade que ele tem de ser um bom pai e manter viva a memória da esposa para que sua filha possa saber a mulher incrível que ela era.

Preparem os lenços! O filme é muito lindo e mostra perfeitamente o que é o amor de mãe e a falta que a figura materna faz em nossa vida.

Se quiserem saber um pouco mais do filme, assistam ao trailer:

 

Alguém já conhecia esse filme? Deixem seus comentários.

0

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *