Bélgica
Série de suspense policial: La Trêve

Série de suspense policial: La Trêve

Sou apaixonada pela sétima arte e gosto de vários gêneros de filmes e séries, mas confesso que o suspense policial é o meu favorito e não podia deixar de compartilhar com vocês a melhor série desse gênero que já assisti na Netflix. Trata-se de uma série belga chamada “La Trêve”( A Trégua, em português) que se encontra escondida no catálogo e que acredito que vale muito a pena ser conhecida. Ela tem duas temporadas e as duas são muito viciantes.

A história tem como protagonista o inspetor de polícia Yoann Peeters (Yoann Blanc) que decidiu se mudar com sua filha Camille (Sophie Breyer) de Bruxelas para sua cidade natal Heiderfeld, um lugar bucólico e perfeito para ter uma vida mais sossegada, depois de ter perdido sua esposa e vivido tempos difíceis na capital.

Foto: Netflix

Logo após sua chegada, sem ao menos ter tempo de ajeitar suas coisas, acontece uma tragédia e ele é chamado por seu colega de trabalho, o jovem e inexperiente Sébastian Drummer (Guillaume Kerbush), para dar início à investigação.

Foto: Netflix

Driss Assani (Jérémy Zagba), um jogador de origem africana que jogava na defesa do time de futebol da cidade, foi encontrado morto no rio. Logo no início, percebe-se a inexperiência dos policiais mediante aquela situação e Yoann já começa a colocar ordem no local e a ensinar aos colegas como deveriam se portar.

Foto: Netflix

Os policiais acreditam veemente que se trata de um suicídio, no entanto Yoann tem suas dúvidas e sua intuição diz o contrário. O seu chefe com o intuito de não provocar alarde na cidade, quer fechar o caso como sendo suicídio e não concorda em fazer exames do legista com a desculpa de que são caros e que o departamento não possui recursos suficientes. Percebe-se que há corrupção e falta de interesse por parte da polícia.

Foto: Netflix

No entanto, Yoann é um homem de gênio forte e quer seguir o protocolo. Mesmo sem o apoio do chefe, ele pede ajuda a um médico conhecido para fazer a autópsia secretamente e descobrir o que realmente aconteceu com o Driss. Depois de feita a autópsia, o legista afirma que não se trata de um suicídio e sim de um assassinato.

A partir daí, a história começa a ficar cada vez mais tensa. O chefe de Peeters descobre que ele agiu sem sua permissão, mas depois do resultado dos exames, ele não se nega a reabrir o caso. Sendo assim, começa a caça pelo assassino.

Foto: Netflix

O primeiro episódio já te dá alguns spoilers de possíveis suspeitos e te faz querer continuar a ver sem parar. Eu me sentia tensa a cada capítulo e seguia a mente e a intuição do inspetor Peeters na busca pelo assassino.

Yoann tem uma personalidade muito forte e agressiva, sendo que não consegue se desligar do seu trabalho e fica a todo tempo pensando no crime e à procura do assassino. Ele tem problemas para dormir e depende de remédios para se acalmar. A série consegue te passar toda a tensão vivida pelo inspetor e você também não consegue se desligar da história. Eu não sosseguei enquanto não via o desfecho da trama. Já posso te garantir que o fim é inacreditável e vai te dar um “soco no estômago”. A cada episódio que passa, um suspeito é descartado.

Foto: Netflix

A série começa mostrando Yoann internado em uma clínica psiquiátrica, sendo interrogado pela psiquiatra Jasmina acerca do que aconteceu, pois durante a investigação, houve mortes de inocentes e muita confusão causada por causa do comportamento dele.

Há também a segunda temporada, que relata outro crime de assassinato. Desta vez, uma baronesa muito rica é assassinada em sua própria casa e o principal suspeito é o seu jardineiro Dany Bastin (Aurélien Caeyman), um jovem que tem problemas mentais que acabou de ser solto da prisão depois de ter ficado 9 anos preso, acusado de ter cometido um crime brutal de homicídio de uma jovem.

Foto: Netflix

Jasmina é a psiquiatra que cuida do Dany e ela acredita que ele não é o culpado pelo crime e está determinada a ajudar o seu paciente a não ser preso injustamente. Para isso, ela procura ajuda do Yoann, que no início nega-se a ajudá-la, pois não está mais trabalhando como inspetor e sim, como professor, a fim de viver uma vida sem muito estresse.

Foto: Netflix

No entanto, o seu instinto de investigador falou mais alto e ele acabou cedendo e ajudando Dany Bastin. Cada episódio dessa temporada te deixa bastante tenso também e causa muita reviravolta. Às vezes, você acha que Dany é culpado e em outro momento, acha o contrário, como também surgem vários outros suspeitos.

Bem, não vou me estender muito, senão vou acabar contando toda a história. La Trêve tem uma produção muito bem feita, com uma ótima fotografia e trilha sonora. Você se sente trabalhando na delegacia de polícia e se envolve com todos os personagens. Vale super a pena ver. Garanto que você não vai se arrepender.

Alguém já conhecia essa série? Deixem seus comentários

0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *